Barata Cascuda


**********************
AO Dani, por sentimentos resistentes.
É sempre assim. E continua sendo. Insiste nisso. Coração não é cria indiferente. Nãoadiantasaberque “O que se está hoje não pudemos evitar”. Então diz pra mim por essa sensação de permanecer daquela mesma coisa que o tempo não levou? Mesmo que se tente deixar de lado, por medo da dor, ali ela está: a saudade - de um instante querendo se repetir, de uma coisa entalada na garganta querendo acontecer, de descobertas, sonhos, risadas, juntos – juntos. E não se preocupe não, que eu entendi o subtendido. De todas as palavras ditas em silêncio, eu sei.

Mas fica bem, isso é coisa de coração da gente que é mau e tranca a porta com a saudade rondando lá dentro escavacando e batendo asas. Que bom saber que ainda és meu amigo: barata cascuda.

. E quem é que pode viver sem amigo? Mesmo que doa, meu coração só fica bem assim, teimoso, transbordante.

À duas quase amigas, pela falta de forças.
À vocês- que já foram meu bem-querer; Espero que um dia possas amadurecer e suportar o peso de um braço amigo. Amizade resistente: é igual a barata cascuda.

Comentários

Daniel disse…
Aiiiiiiiiii, Meu DEus, sinceramente não sei, qual a razão da porta não fechar. Mas o motivo? É por que ela não fecha mesmo!!! DEus quando olha o nosso arrependimento ele literalmente apaga de sua memoria, como se fosse uma aminésia.
Não sou DEus, e ainda não tive essa doença.
Mas agradeço das profundezas do meu coração, de uma forma até meio que mazorquista pra minha alma. Daqui a 30 anos vou olhar de volta no tempo, e nós ainda bons amigos, eu vou sorrir de forma incoberta, com uma saudade apertadinha lá no peito, mas sorrindo de felicidade, pura felicidade, pois nem a boma atômica será capaz de rachar a casca da barata, valeu CASCUDAS BARATAS.

Postagens mais visitadas