Depois eu te Digo.

"Apostar na parte bacana do tal do amor
Do tal do amor... "
(Jay Vaquer)


O que faz uma mulher de 20 e alguns anos beirando aos 30 estar confusa com suas próprias ações, futuro, felicidade, nem ela sabe.  Tem aquela coisa toda de maturidade porque o tempo passa ‘ e não estamos de mãos enlaçadas’. Como o tempo burguês não brinca em todas as esferas da vida do ser humano: trabalho, emoções, casamento, religião, futuro... não é aceitável que uma mulher de 20 e alguns anos beirando aos 30 se ache um pouco perdida, um pouco sem rumo, com aquela vontade conhecida pela maioria dos seres humanos em jogar tudo pro alto. A gente joga que é pra ver se Deus ajuda.

Não estava sem planos. Estava cansada de tê-los.
 
E de também tê-los podados/frustrados/e começar tudo de novo, de novo.

O mais importante pra uma mulher de 20 e alguns anos beirando aos 30 é saber que ela é dona de seu próprio tempo.
Lesada? Atrasada? Retardada? Quem foi que disse?

Ainda há: Tempo de se encontrar, tempo de se apaixonar, tempo de valorizar todas as coisas boas que virão porque afinal de contas, todas as coisas ruins do passado ficaram por lá. O-x-a-l-á.

Palavras-cadeados:  pele, batons, sorrisos, aconchegos, TPMs, estrias, casamento, chocolate, flores, música e celulites.

Comentários

Acho q ñ tem uma idade certa p consegui ou ñ algo!!! Somos atrasadas p o sistema talvez...mas p sonhar, planejar nunk é tarde e q dane-se o sistema:P Adorei o texto me vi em suas palavras!!! Sorte p nós há sempre TEMPO!
Alexandre Felipe disse…
Sempre é tempo de recomeçar...

Abraços

Alexandre
http://soupretomassoulimpinho.blogspot.com/

Postagens mais visitadas