QUEM DIRIA? (Não se REPRIMA!)

Tava devendo aqui um post pra minha querida e criativa amiga, Néia. kkk
(clique aqui pra ver o quem diria dela)


 
"Que lugar me pertence
Que eu possa abandonar
Que lugar me contém
Que possa me parar...

Sou errada, sou errante
Sempre na estrada
Sempre distante
Vou errando
Enquanto tempo me deixar..."
(Abelha, a Kid)

Todo mundo me dizia que eu era tão santinha, tão quietinha, tão obediente, tão racional, tão inteligente, tão ‘cabeça’, tão ‘jóia!’, ¬¬’  que eu acabei interiorizando... e sempre dei uma de boa moça. (Opa! Me lembrei da minha querida Beauvoir – Lembranças de uma moça bem comportada, indicadíssimo).
Pois é.

[interiorizei]. 

Obediente, sim, senhora. Posso brincar agora? Obrigada. Tirei o primeiro lugar, oh. – “Essa menina vai longe na vida”. Enquanto criança brincava na rua na mesma proporção que brincava com as histórias dos livros e à medida em que se cresce, a vida real vai ficando séria demais...  e a proporção do livro foi ganhando mais espaço. O mundo das idéias, o mundo imaginário tinha menos perigos, e depois me fazia grande, podendo ser quem eu quisesse à todo momento. E além do mais! Me mantinha na redoma.


Não sofri do famoso bulling, e eu participava de tudo! Mania de querer viver as coisas dos persoagens de livros: a esportista, a cantora, a dançarina, a atriz, a doutora. E de tudo eu fazia. Aqui- acolá, me dava ao luxo de espiar coisas mundanas e convencia a todos de que eu era normal.
E assim eu fui crescendo ( pelo menos em idade, rs). Acreditando em coisas de criança, em amor perfeito, em príncipes - e eu sendo ‘princesa’. Aham... Em humanidade, em igualdade e respeito. Aham... 

Por não saber onde e quando errar, ‘o que vão pensar de mim?’; ‘ninguém pode saber, viu?’; ‘eu também sou humana...’; ‘ às vezes a gente tem que errar pra saber que não vale à pena’. Eu me justificava cada vez que saía da linha, que era pra poder voltar de novo, pura e limpa.
Faculdade: Serviço Social, entrei menina , dentre as demais, a mais velha, mas a mais menina. Cabelos longos sem corte, óculos, calças compridas, blusas de manga. Lábio de fruta vermelha (claro, a pessoa tinha que ter alguma vaidade). 

Aos poucos fui vendo o mundo e as filosofias. Cabelo cortado, roupa diferente e olhos pintados!. (que até hoje os mantenho, rs). Como se um evento fosse acontecer a qualquer momento e eu estivesse pronta, na medida do possível e não sei pra quê. E, conhecendo outras filosofias, eu pequei. E como!. Depois, passei em um concurso militar e lá extravasei toda uma raiva, toda uma intolerância, sentimentos ‘impuros’ que haviam dentro de mim e por tantos anos. ‘Nossa! D-i-a-n-a? Não reconheço...’. É que eu não sabia como jogá-los ao mundo. As pessoas podiam não entender. Agora tenho como e é justificado. Aíh, car@s amig@s é nesse ponto que você olha e diz: - pra quê mesmo, hein?.

QUEM DIRIA, QUE EU TOMARIA UM PORRE.
QUEM DIRIA QUE EU TOMARIA MAIS DE UM...
QUEM DIRIA QUE EU REPETIRIA ALGUNS E BASTANTES SEMESTRES NA UNIVERSIDADE,
QUEM DIRIA QUE EU NÃO FOSSE QUERER EXERCER A PROFISSÃO DEPOIS DE FORMADA,
QUEM DIRIA QUE EU MANTERIA MAIS DE UM AMOR AO MESMO TEMPO,
QUEM DIRIA QUE EU ‘FICASSE’ POR ACASO,
QUEM DIRIA QUE EU ME ENTREGARIA CORPO E ALMA AOS AMORES,
QUEM DIRIA QUE EU SOFRERIA TANTO POR AMORES TOLOS,
QUEM DIRIA QUE EU DECEPCIONARIA AS PESSOAS QUE MAIS ME AMARAM,
QUEM DIRIA QUE EU VIRARIA FEMINISTA,
QUEM DIRIA QUE EU FOSSE HUMANA E DE VERDADE?
Nem eu.

Comentários

Thiago Nogueira disse…
Todos nós mudamos, mas eu não sou desse mundo, é difícil de me entender, mas sou uma boa pessoa. Ah, e mais importante, sou um gatinho. Brinks!!!
Diana Costa disse…
kkkkkkkkkk
faz um 'quem diria' tu tmb, ora ;)
Ainsss Preta como sempre emocionandoooo!!!! E quem diria q nossa amizade duraria tanto tempo...já q no começo eramos d gangs srrsrs...diferentes:P hauhaua
Ameiii...veio um filminho na minha cabeçaaaa...ainsss
Juuh Nascimento disse…
Sim minha querida, eu voltei!
E com uma fome imensa de me alimentar de tudo que for palavra boa. :)

senti saudades desse meu universo.
Tenha uma linda semana!

Bjs & abraços!

Postagens mais visitadas