QUANDO FOR DE NOITE.




É de todo ser humano ficar olhando pro céu pensando coisas sobre a escuridão entre as estrelas? E gostar de sentir aquela dorzinha da solidão de ser você, é normal? Carregar um peso no coração por se interessar por coisas demais sem que possa agarrá-las todas numa vida só, é também compreensível?

Fica aqui do meu lado então, deitado. Enquanto eu olho pela janela as estrelas no céu. Não me cobra obrigações porque hoje elas não me fazem leve. Me deixa sonhar e ser eu: perversa e inocente, com essas unhas vermelhas, o olhar grande de convite e o cheiro de fruta. Com minhas atitudes certas numa conduta de quem deve viver em paz contigo.

Fica aí deitado enquanto enxugo meus cabelos que logo logo, estarei aí contigo querendo o aconchego deste amor misterioso como aquela coruja da noite que me assusta de longe.

Eu gosto de olhar pra escuridão e não é normal.
E eu nem sou desse mundo ;)



Comentários

Postagens mais visitadas