Sobre minhas verdades


Eu me sento no canto do quarto quando todo mundo tá lá fora e pensam que eu estou dormindo.
Aí eu pego um caderninho e escrevo versos sobre você. Sim, ainda.
Eu vou lá na cozinha e bebo água porque as emoções me fazem cair a pressão. (melhor prevenir). Sim, eu ainda sinto. E sinto muito.
Aí eu me olho no espelho e vejo se a imagem é realmente aquilo que eu sou por dentro.
Fico pensando na minha finitude. Já vivi coisas tão lindas... valeu a pena.
Depois penso que não é hora de morrer porque eu ainda queria aprender tudo o que tem no mundo, então eu assisto filmes porque no fundo, eu gostaria de estar lá.
Às vezes eu tento voltar no passado só pra ver você de novo. E eu curto esse sofrimento entre o chão e a cama. Sim, todos os dias.

"Mentiras
Adriana Calcanhotto

Nada ficou no lugar
Eu quero quebrar essas xícaras
Eu vou enganar o diabo
Eu quero acordar sua família...

Eu vou escrever no seu muro
E violentar o seu rosto
Eu quero roubar no seu jogo
Eu já arranhei os seus discos...

Que é pra ver se você volta,
Que é pra ver se você vem,
Que é pra ver se você olha,
Pra mim...

Nada ficou no lugar
Eu quero entregar suas mentiras
Eu vou invadir sua aula
Queria falar sua língua...

Eu vou publicar os seus segredos
Eu vou mergulhar sua guia
Eu vou derramar nos seus planos
O resto da minha alegria...

Que é pra ver se você volta,
Que é pra ver se você vem,
Que é pra ver se você olha,
Pra mim..."


Comentários

Mais um que me fez chorar =/ Quando eu digo que sara, na vdd Preta, nunca sara ( Já q estamos falando de verdades) =/
Diana Costa disse…
E num é?!. "Explicando": Minha verdade ainda é *estrelinha.

Postagens mais visitadas